Área do DHO/Gente
Acesse Aqui
Área do Participante
Acesse Aqui
Área do DHO/Gente
Acesse Aqui
Área do Participante
Acesse Aqui
Educação Financeira
Notícias
Junho: mais recuperação

No mês de junho, vimos o mercado financeiro se comportando da mesma forma que nos dois meses anteriores. Ou seja, tivemos oscilação nos investimentos ao longo das quatro semanas, mas um fechamento positivo, recuperando perdas. E isso tanto nos ativos que compõem o segmento de menor risco, de renda fixa, quanto nas opções mais agressivas e voláteis, como o mercado acionário.

Falando nele, o Ibovespa, principal índice de ações da bolsa brasileira, a B3, apresentou em junho o segundo melhor resultado do ano. O que pôde ser observado foi, na verdade, um movimento de recuperação iniciado nas últimas semanas de maio. Ao manter este ritmo de desempenho então, o índice fechou junho com 8,76%, diminuindo o acumulado negativo do ano, ainda bem alto, para -17,80%.

Na renda fixa, os títulos públicos indexados à inflação de longo prazo foram os que melhor performaram, rendendo 2,84% (IMA-B5+). O retorno dos papéis pré-fixados ficou em 0,79% (IRF-M), enquanto os pós-fixados, que são os papéis mais conservadores, renderam 0,22% (IMA-S). Na média, a cesta de títulos públicos representada pelo índice IMA Geral rendeu 0,99%.

Perfis de investimento

Aqui no seu plano de aposentadoria, os perfis que contêm uma parcela maior de alto risco em suas carteiras apresentaram os seguintes resultados: 0,84% no moderado, 1,86% no agressivo e 2,79% no superagressivo. O perfil conservador, de menor grau de risco, rendeu 0,33%. O resultado ficou bem acima do CDI (0,21%), índice que reflete a taxa básica de juros da economia, a Selic, e é referência dos pós-fixados. Aqui, cabe mais uma vez ressaltar que o desempenho do perfil conservador está em linha com os juros Selic, que seguem em patamares baixos e ainda com expectativa de queda, segundo especialistas de mercado.

Lembre-se de que para ver seu saldo atualizado com os resultados de junho, você deve acessar sua página individual na Área do Participante, a partir do 12º dia útil deste mês. Enquanto isso, aproveite e utilize o simulador de perfil de investidor aqui do site, na página de Educação Financeira. A ferramenta te ajuda na análise do perfil adequado às suas convicções de investimentos, expectativas de patrimônio futuro e cenário de investimentos.

O momento atual exige cautela e paciência em virtude das tensões políticas no ambiente nacional, e da retração econômica que a pandemia da covid-19 vem provocando mundo afora. Ao mesmo tempo, 2020 nos chama a atenção para a volatilidade das aplicações de alto risco e para a tendência de juros baixos das aplicações mais conservadoras, já vista em 2019.

Ver todas as notícias


2023 – Votorantim – Todos os direitos reservados.