Educação Financeira > Artigos


Portabilidade na previdência

Há muito tempo, dentre as melhorias regulatórias no segmento de previdência privada, surgiu a portabilidade. No nosso caso aqui na Funsejem, funciona da seguinte maneira: você se inscreve no plano, faz sua poupança, e ao se desligar da empresa, caso não queira continuar investindo conosco, pode levar 100% do saldo a outro plano de aposentadoria.

O caminho inverso também existe. Se você se inscreve no Votorantim Prev já tendo uma reserva em outro plano, pode trazê-la para cá a qualquer momento.

O principal objetivo da portabilidade é permitir que você mude de plano sem quebrar a poupança previdenciária, e sem sofrer a incidência de imposto de renda neste momento, visto que se trata apenas de uma transferência. Você só precisa prestar atenção em alguns pontos.

 

  • A portabilidade só pode ser feita entre planos compatíveis (o nosso é como um PGBL)
  • Ao portar para cá, seu saldo só será resgatado ou portado de novo ao se desligar da empresa
  • Ao levar seu saldo daqui a outro plano, você deverá receber a reserva portada em forma de renda mensal por no mínimo 15 anos
  • O regime tributário na previdência - progressivo e regressivo - é por plano. Antes de portar, certifique-se do regime em que está e para o qual vai

Prontinho, agora que você sabe que a portabilidade na previdência existe, e como ela funciona, planeje sua aposentadoria sem medo e o quanto antes.

Utilizamos cookies para analisar sua interação com nosso site e melhorar o conteúdo oferecido. Também usamos dados pessoais, conforme a Política de Privacidade e Uso dos Sites Funsejem. Ao continuar a navegar, você concorda com nossa Política.
Saiba mais
Estou de acordo