Navegar para Cima
Logon


Últimas Notícias

Ver todas as notícias



 Patrimônio e Desempenho

 
O patrimônio administrado pela Funsejem é formado pelos aportes dos participantes e da Votorantim, além da rentabilidade mensal das modalidades de investimento Conservadora, Moderada, Agressiva e Superagressiva.
 
Aqui, é possível acompanhar a evolução patrimonial, indicadores de mercado, além do desempenho das modalidades, que têm suas regras e metas detalhadas nas políticas de investimento.​​​​​​​​​​​​​​​​​​​
​​​​​​​​

  1. Patrimônio
  2. Rentabilidade
  3. Indicadores Econômicos
  4. Políticas
  1. A Funsejem tem hoje quatro instituições financeiras para a aplicação dos recursos dos planos. ​São elas: BNP Paribas, Bradesco, Itaú e Votorantim. 

    Na tabela abaixo, você acompanha a evolução patrimonial dos últimos 12 meses.

    Patrimônio segregado por modalidade de investimento (R$)

    2018

    Modalidades Parcela BD*,
    plano VCNE
    Total (R$)
    Conservadora Moderada Agressiva Superagressiva
    DEZ 2018 1.093.753.930 597.206.143 103.874.019 44.038.350 50.726.893 1.889.599.336
    NOV 2018 1.100.545.730 584.368.235 101.918.197 40.272.428 51.210.381 1.878.314.971
    OUT 2018 1.109.817.945 568.112.680 97.393.017 36.515.146 51.271.798 1.863.110.586
    SET 2018 1.097.577.021 557.801.860 93.707.066 34.946.540 51.124.557 1.835.157.043
    AGO 2018 1.067.946.589 571.055.814 97.529.500 36.648.951 51.227.254 1.824.408.108
    JUL 2018 1.057.097.429 57.465.1879 99.634.134 37.792.806 51.261.696 1.820.437.945
    JUN 2018 1.031.141.382 583.400.437 100.149.778 40.258.383 50.931.136 1.805.881.116
    MAI 2018 989.739.883 610.062.747 108.185.667 42.818.280 50.694.833 1.801.501.410
    ABR 2018 992.435.999 619.548.875 109.542.504 44.569.413 50.861.850 1.816.958.642
    MAR 2018 1.003.739.775 606.317.968 107.407.520 42.554.376 50.937.956 1.810.957.595
    FEV 2018 1.002.095.560 601.378.913 104.439.156 41.136.650 51.061.025 1.800.111.304
    JAN 2018 1.041.224.161 569.435.044 100.499.805 34.922.114 51.097.586 1.797.178.710
    *Este patrimônio refere-se à parcela de Benefício Definido - BD do plano VCNE (fechado a adesões).
  2. Ao aderir ao plano e iniciar suas contribuições, o participante compra cotas da modalidade de investimento que escolheu para os seus recursos, dentre as seguintes opções: conservadora, moderada, agressiva e superagressiva (esta, válida apenas no Votorantim Prev).

    Cada uma tem suas características e, consequentemente, um tipo de comportamento e de rendimento.

    Clique sobre as modalidades para saber como funcionam e leia a política de investimento (aba superior) para mais informações. Confira também, ao final da página, o desempenho das quatro modalidades neste ano e em outros períodos.

    Para mudar de modalidade, acesse sua página individual com login e senha, ou utilize o formulário de alteração disponível aqui.

    Conservadora
    É a modalidade menos arriscada, pois direciona praticamente 100% dos recursos a aplicações de renda fixa de baixo risco. Ex.: papéis pós-fixados. Costuma apresentar rendimento constante, diferentemente do que ocorre com investimentos de renda variável, como ações em bolsa de valores. Em momentos de turbulência econômica, esta modalidade é a que menos sofre oscilações, e dificilmente apresenta resultados negativos. A meta anual de rendimento da Conservadora é atingir a variação do índice CDI.
    Moderada
    É considerada de risco médio e tem composição variada. Aplica na renda fixa, em papéis de baixo risco e também nos voláteis, como os indexados à inflação. A moderada ainda investe na renda variável, até o limite de 15% da carteira. Em momentos de turbulência econômica, sofre um pouco de oscilação, podendo apresentar resultados negativos. Os índices de referência de desempenho são o CDI, para as aplicações menos arriscadas, o IMA-B 5+, para os títulos de inflação, e o índice de ações IBrX.
    Agressiva
    Ela tem um limite de aplicação em ativos de renda variável, como ações em bolsa de valores, que vai de 0% a 25%. O restante dos recursos de quem escolhe a Agressiva vai para aplicações de renda fixa volátil, majoritariamente, e também de baixo risco. É uma modalidade de grande oscilação nos rendimentos mensais, principalmente em momentos de turbulência econômica, podendo apresentar resultados negativos. O objetivo da Agressiva nas aplicações de renda fixa mira o IMA-B 5+, nas aplicações de renda fixa volátil, e o CDI, nas aplicações de renda fixa de menor risco. Já na renda variável, a referência de rendimento é o índice acionário IBrX.
    Superagressiva
    É a modalidade mais arriscada, pois até 30% dos recursos vão para aplicações de renda variável, como ações em bolsa de valores. Esta característica aumenta de forma considerável a oscilação no rendimento da modalidade, que pode apresentar resultados negativos, principalmente em momentos de turbulência econômica. A meta de rendimento da Superagressiva na carteira de renda fixa é atingir a rentabilidade do IMA-B 5+, nas aplicações de renda fixa volátil, o CDI, na renda fixa de menor risco, e o IBrX, na carteira de renda variável.
    Rentabilidades das Modalidades de Investimentos
    Últimos 12 meses Valor das Cotas Rentabilidade Mensal Rentabilidade Acumulada
    C M A S C M A S C M A S
    Conservadora Moderada Agressiva Superagressiva
  3. As modalidades de investimento Conservadora (C), Moderada (M), Agressiva (A) e Superagressiva (SA) têm metas de rendimento atreladas a indicadores financeiros que relacionamos abaixo, junto com outros indicadores conhecidos e importantes para a economia do país, como inflação e poupança.

    Indicador Definição Variação Dez/2018 Modalidades mais impactadas
    CDI (Selic) Renda fixa baixo risco 0,49% Todas
    IMA-S (títulos públicos pós-fixados) Renda fixa baixo risco 0,49% Todas
    IMA-B (títulos públicos de inflação) Renda fixa volátil 1,65% M, A e SA
    IRF-M (títulos públicos pré-fixados) Renda fixa volátil 1,53% M, A e SA
    IMA Geral (títulos públicos: todos) Renda fixa volátil 1,17% M, A e SA
    IBrX (ações BM&F Bovespa) Renda variável, alto risco -1,29% M, A e SA
    Poupança Poupança 0,37% Não se aplica
    IPCA Índice de inflação 0,15% Todas
  4. A política de investimento é o documento que detalha as modalidades de investimento da Funsejem, além de definir regras, limites e orientações para a aplicação patrimonial.

    Cada plano da Fundação, o Votorantim Prev e o VCNE (fechado para adesões), tem sua política de investimento própria, aprovada anualmente e revista sempre que necessário.

    Os recursos destinados às despesas com a administração da Funsejem também têm uma política específica.

    Conheça todas elas a seguir.

  5. Política de investimento do Votorantim Prev, política do VCNE e política do Plano de Gestão Administrativa.

​​​​


​​ Portal DHO​​​
​​​